A coisa mais importante - Mateus 23

 

Mateus 23 (ênfase no versículo 23)

ICT.: Jesus criticou severamente os escribas e fariseus pela sua hipocrisia e pela aparência externa falsa, esquecendo das coisas mais importantes.

O.G.: Pastoral

O.E.: Que a congregação saiba claramente diferenciar o que é importante do que é acessório.

Palavras-chave: Importante. Prioridade. Fariseu. Escriba. Hipocrisia.

Data: 15 de março de 2015. Culto da Manhã. PIB em Goiânia.

 

Introdução

E se não tivéssemos mais tempo? O tempo coloca a vida em perspectiva, ou seja, conforme passa priorizamos o que realmente importa. Note que o tempo passa “a passos largos”, e na limitação de nossas vidas o vemos avançar constante e permanentemente minuto a minuto. E se soubéssemos exatamente o tempo que nos resta em vida e se fosse bem limitado? O que você faria?

---leitura do texto--- (somente o verso 23)

Várias advertências de Jesus estão neste texto. Numa das mais duras críticas aos Escribas e Fariseus.

Escribas: Era doutores da Lei, profundo conhecedores da Lei Mosaica e dos Comentários desta Lei. Antigamente eram sacerdotes copistas, mas nos tempos de Jesus podiam ser qualquer pessoa interessada nos estudos da Lei. (exemplos de Escribas: Hillei, Gamaliei e Shamai)

Fariseus: Partido político religioso que se destacava pelo fundamentalismo judaico. Por defender um puritanismo judaica tinha o apoio de quase todos os escribas e do povo judeu. Defendiam a tradição dos Antigos como uma continuidade da Lei. Eram radicais. O atual judaísmo descende do farisaísmo dos tempos de Jesus. (Exemplo de Fariseu: Saulo)

Estes grupos tendiam a se misturar, mas nem todo escriba era fariseu e vice-versa.

Por que eram contrários à Jesus? Jesus os criticou severamente por terem uma aparência de santidade e nos seus coração serem falsos. Conheciam a Lei de Deus, mas não o Deus da Lei. E isso faz toda a diferença, pois eles esqueceram o que “era mais importante”.

 

1 – Ai de Vós – As Aparências

“As aparências enganam” diz o ditado popular. Cristo confirma isso. Se espanta com a realidade, pois não vê como os homens veem, mas olha direto para o coração e para os pensamentos mais íntimos (e Jesus conhecendo-lhe seus pensamentos... Lucas 5.22). É impossível enganar ao Senhor.

Mas aquele tentavam enganar a todos, com roupas, com discursos, e com atitudes, com aparência de santidade, estavam muito longe de Deus. >>> ILUSTRAÇÃO: Lembremos que os fariseus se recusaram entrar na sala de Pilatos (Pretório) pois era Páscoa, mas mataram o Salvador. (João 18.28)

  • Fechando o Reino dos Céus (13): Não entrando e dificultando aos outros entrar, pois na medida da vida deles era impossível a qualquer um estar diante de Deus.

  • Orações hipócritas (14): longas e falsas orações. Realmente não pelo muito falar...

  • Falsas Conversões (15): trabalhavam para converter um gentio (prosélito), mas os enchia com deturpações da lei. Criavam monstros.

  • Guias Cegos (16): Repetindo esta expressão diversas vezes aqui aponta para questão do juramento, que pelo santuário não era nada, mas pelo ouro do santuário tinha valor.

  • Dízimo sem justiça, misericórdia e fé. (23) (engolindo camelos) E sobre isso falaremos mais tarde.

  • Sepulcros Caiados (27): dura comparação com sepulcros que tinham um adorno especial, mas dentro ossos e podridão.

  • Matadores de Profetas (29-30): que embora exaltassem os profetas, provavelmente eles seriam os primeiros a mata-los. E assim foi com o próprio Cristo.

Aplicação: Cristo os advertia, pois os conhecia. E mais uma vez: É impossível enganar ao Senhor. Por isso jesus disse: Ai de Vós.

 

2 – Ai de Nós – As Advertências

Se apontava para aqueles, devemos também apontar para nós mesmos, que embora sejamos cristãos há uma enormidade fariseus em muitas igrejas que como repetindo a lista anterior tornam ainda mais difícil a vida do crente e para se tornar um cristão.

Algumas advertências bíblicas devem ser lidas como que para nós mesmos, assim devemos observar, em oposição ao que eram os escribas e fariseus...

  • Levar mais pessoas a Cristo, sem colocar dificuldades.

  • Orar no quarto secreto. “O segredo a oração é a oração em segredo” (Blanchard)

  • Evangelizar, discipular e fazer o outro crescer.

  • Não jurar por nada. Sim, Sim, Não, não.

  • Entender o que é mais importante.

  • Ser tão nós mesmos por dentro quanto por fora.

  • Estar do lado dos profetas e do nosso Senhor, mesmo que para isso soframos perseguições.

 

3 – Ai de mim – As coisas mais importantes

No verso 23 está claro a essência da lei, segundo Jesus: Justiça, misericórdia  e fé. Cristo nunca negligenciou a necessidade de andarmos retamente, mas sempre criticou quando isso não provinha do coração. Aqui está claro que precisamos tanto destas, quanto daquelas.

Justiça: Ser justo não significa ser carrasco. É possível e a Lei foi escrita para exercer toda a justiça divina, com todo o amor divino.  A Justiça não é punitiva, mas formativa, tendendo à transformação do homem. Nosso Deus é Justo, mas também é Amor. Por isso os julgamento humanos falham, quando a “dura lei” é aplicada. É claro que os limites deve ser claros e ultrapassa-los tem suas consequências, mas elas não foram concebidas para levar as pessoas para o mal, mas para afastá-las dele.  Daí a necessidade do outro pilar da Lei:

Misericórdia: Esta expressão parece 216 vezes na Bíblia. Em Êxodo 34.6 está escrito: “E, passando o SENHOR por diante dele, clamou: SENHOR, SENHOR Deus compassivo, clemente e longânimo e grande em misericórdia e fidelidade; que guarda a misericórdia em mil gerações, que perdoa a iniqüidade, a transgressão e o pecado” . No Salmo 23.5 diz: “Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.” O Salmo 136 diz que “a misericórdia do Senhor dura para sempre”. Paulo irá saudar: Graça, Misericórdia e Paz, tanto para Timóteo  e João para a Igreja (2 João). A misericórdia de Deus é a expressão do seu amor, mesmo sendo nós falhos e pecadores. Graças a Deus por sua misericórdia, pois Jesus veio ao mundo por esta misericórdia por nós.

Fé. Esta pequena palavra é a expressão máxima da nossa crença. Um pouco de fé disse Jesus, muda tudo. A Fé muda a perspectiva da vida e muda o nosso próprio coração. Pois a Fé m Deus e em Jesus Cristo fará com que tudo o que você faça ganhe significado e tenha importância, não pelos homens, mas por Deus. “Ter fé é não é a concordância com uma ideia ou ideal, mas a total entrega a Deus.”(Blanchard com adaptações)

 

Conclusão

“A coisa mais importante é fazer a coisa mais importante ser a coisa mais importante”

Música: Sejas meu Universo

 

 

Pergunta para Casas Acolhedoras

  1. Por que, na sua opinião, os Escribas e Fariseus criticavam tanta a Jesus?

  2. Estas advertências valem para nós hoje?

  3. O que significa ser autêntico?

  4. Você entende oque é Justiça, Misericórdia e Fé?

  5. Por que Jesus chamava os Escribas e Fariseus de “Guias Cegos”?

  6. Como eu posso ser melhor e autêntico?

 

Please reload

Featured Posts

Aquietai-vos - Salmo 46

January 5, 2015

1/4
Please reload

Recent Posts

September 13, 2015

Please reload

Follow Us
Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square