Solstício - Josué 10: 12-15

 

 

ICT.: Quando Deus parou o Sol para o Povo de Israel vencer a batalha.

Palavras-chave: Poder. Natureza. Sintonia.

Data: 21 de junho de 2015. PIB em Goiânia. Culto da Manhã (Solstício de Inverno)

 

 

Introdução

Sobre o Solstício (21/06, às 16:38h): Na astronomia, solstício (do latim sol + sistere, que não se mexe) é o momento em que o Sol, durante seu movimento aparente na esfera celeste, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador. Os solstícios ocorrem duas vezes por ano: em dezembro e em junho. O dia e hora exatos variam de um ano para outro. Quando ocorre no verão significa que a duração do dia é a mais longa do ano. Analogamente, quando ocorre no inverno, significa que a duração da noite é a mais longa do ano.

Sobre Josué: Servo de Deus que sucedeu a Moisés e levou o povo à Terra Prometida, mas teve que enfrentar muitas batalhas, situações e mesmo lutas pessoas, mas recebeu de Deus o ânimo necessário (sê forte e corajoso, não temas...)

Sobre a Batalha. Este texto trata das conquista dos reinos do sul da terra de Canaã. 5 reis se unem contra os Gibeonitas (aliados de Israel), entre eles Adoni-Zedeque, provavelmente parente de Melquisedeque, que apesar do bom nome de seus parentes era um rei mau. Tendo marchado uma noite inteira, Josué pediu ao Senhor que o Sol parasse para que pudessem lutar mais e vencer definitivamente, e assim Deus concedeu que o Sol e a Lua pararam e tiveram mais horas de claridade para lutar e vencer. O Sol Parou, mas Glória de Deus se manifestou.

 

 

1 - Nas Mãos de Deus – a necessidade

Exegese: Com o pedido de socorro dos Gibeonitas, agora aliados de Israel, vinha junto com a aliança a responsabilidade de proteger. Havia grandes desafios, a distância que teriam que marchar, o inimigo, afinal eram 5 reis unidos contra eles, e o inesperado, tão comum nas batalhas.

Agora chama a atenção o v. 8 quando Deus fala a Josué, mais uma vez: “não os temas, pois nas suas mãos os entreguei”. Embora o medo possa assaltar aos crentes, devemos confiar naquele que nos chamou, nos fortalece e nos dá a direção.

 

2 - Sintonia com Deus – Comunhão e Santificação

Observe que esta batalha começa com uma oração: “Então Josué falou ao Senhor”(12). Ë claro que era uma grande batalha e eram grandes dias aqueles de conquista da Terra Prometida, de vitórias sobre Jericó e Ai, mas é preciso lembrar que tudo isso só foi possível tendo em vista a perfeita comunhão com Deus exigida de Josué e do povo de Deus. Isto é afirmado pelo início da batalha, numa simples oração.

Mas ainda sobre esta oração nos vem a mente:

  • O Tipo do Pedido: Josué não pede que cesse a guerra, mas que Deus conceda condições para que eles vençam a batalha. Mais um dia de luta! Josué não fugiu das lutas, não devemos fugir também.

  • O tamanho do Pedido: realmente aqui nos colocamos humildes, não sei se eu poderia pedir isso e se isso passaria pela minha cabeça, mas veja que a comunhão com Deus nos possibilita entrar no trona da Graça de Deus e ver o que Ele, nosso Senhor quer fazer em nosso meio. Cristo curou muitos enfermos de doenças difíceis, mas também vejo o que Jesus Cristo pode fazer hoje ainda. Ainda creio que para o Sol é fácil, mudar o coração do homem não. Mas veja que Deus não está preocupado com o tamanho, mas com o seu povo e o seu bem querer. E ainda hoje Cristo intercede por nós. (Rom 8.34)

Ilustração: Mônica e Agostinho: Agostinho, um dos líderes da Igreja primitiva era, antes de se converter,  um jovem inteligente e devasso, nas piores situações, nos piores lugares e influenciado por todo tipo de cultura e religião que distanciasse um homem de Deus. Mas Monica, sua mãe sempre orou por ele, mas fez uma curiosa oração: “Não permita que meu filho vá para Roma”, tendo em vista ser a capital do pecado naquele tempo (estava ele em Cartago). Mas Agostinho, com seu duro coração e jogado nos vícios foi para Roma, mas em Roma Deus atendeu à oração de Monica e Agostinho ouviu um sermão que precisava ouvir e se converteu. Deus atendeu a oração daquela mãe, mas de uma forma que nem ela poderia imaginar.

Aplicação: Para os grande desafios da vida, grandes vidas dedicadas ao Senhor em plena sintonia com o Mestre.

 

3 - O Toque de Deus – A Solução Celestial

Exegese: O Sol parar tinha um significa ainda maior naquele tempo. Tendo começado à noite, Josué se apressou em ir ao socorro de Gibeão, marchando toda noite. Provavelmente os inimigos ficaram surpresos com a velocidade da resposta de Josué, “a situação era urgente e não admitia atraso”(MH). Ele não pregou os olhos até resolver a situação, marchou a noite inteira (lembre-se de Jesus no Getsêmane em que pedia pelo menos 1 hora em oração e os discípulos não a deram.)

O Chamado era divino, a solução também seria.

É importante lembrar que naquele tempo tanto o Sol quanto a Lua eram adorados como deuses, veja que Josué pede ao Senhor, criador dos Céus e da Terra e o Senhor faz parar os luminares.

  • Um Dia bom: Ha dias e dias, e h;a momentos em que nem tudo dá certo, e temos a impressão que o dia não passa. Mas há outros que podemos e fazemos mais coisas que achamos que poderíamos fazer. Este dia para Josué e todos o povo foi u destes dias bons. E nesses tempos, quanto mais Deus nos concede o servi-lo, mais tempo temos de adora-lo.

  • O Tempo Certo: Sendo o tempo um problema em nossos dias, Deus concede que tenhamos o tempo certo de fazer, não par dar desculpas para a preguiça, pois eles marcharam uma noite inteiro e lutaram um longo dia, mas aquele era o tempo certo para isso. Nem que o Sol pare.

  • O Preparo Necessário: Observe que os soldados em ligar nenhum aparece reclamação, era preparados fisicamente e espiritualmente, de forma que sabiam da necessidade da luta,  e a fé necessária para prosseguir, para depois ter paz

Aplicação: sei que queremos impor nossas soluções, mas creio que Deus tem uma solução melhor e mais preciosa para cada um de nós. E não existe melhor conclusão, do que aquela feita com o Toque de Deus.

 

 

Conclusão

Hoje, o Sol para de andar, neste momento astronômico que vivemos (Solstício de Inverno), mas o Senhor, dono dos Céus e da Terra e de nossas vidas, também quer fazer parar o Sol, para acertar com você a sua vida. Cristo não parou o Sol, mas se fez Sol para nós, por isso está escrito: A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada. As nações andarão mediante a sua luz, e os reis da terra lhe trazem a sua glória. Apocalipse 21.23-24. Mas sobre isso refletiremos à noite.

 

 

 

Perguntas para as Casas Acolhedoras

1 – O que você teria pedido para Deus no lugar de Josué?

2 – É admirável a disposição do povo em marchar a noite inteira e lutar um longo dia depois. Você já faz algo que precisou virar a noite e ainda assim estar feliz?

3 – O que é preciso para ser como Josué? Mais fé, mais dedicação, mais compromisso? Ou o quê?

4 – Qual a sua explicação para o milagre descrito?

5 – Na sua opinião, qual é o maior desafio para a Igreja hoje? E para a sua Vida?

 

Please reload

Featured Posts

Aquietai-vos - Salmo 46

January 5, 2015

1/4
Please reload

Recent Posts

September 13, 2015

Please reload

Follow Us
Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square